Piccini: "Queria sair pela porta grande"

Lateral direito italiano foi oficializado esta segunda-feira como reforço do Valência e despediu-se dos sportinguistas nas redes sociais.

Horas depois de ser oficializado como reforço do Valência, Cristiano Piccini despediu-se esta segunda-feira dos adeptos sportinguistas, através das redes sociais.

"Antes de mais, gostaria de agradecer ao Sporting, nunca esquecerei e deixarei de apoiar este clube, mesmo depois de tudo o que aconteceu a 15 de maio na Academia, quando nada fazia sentido, na minha cabeça sempre esteve claro que queria sair pela porta grande, não podia falhar a um clube que me deu a oportunidade de crescer, que me deu a possibilidade de jogar na Champions, que viu nascer a minha filha, dando-me as melhores condições", começou por dizer o lateral direito italiano, que chegou a Alvalade no ano passado, proveniente do Betis.

"Não podia falhar a 3,5 milhões de adeptos pela culpa de 40 ou 50 pessoas que atuaram como autênticos criminosos, tentando matar o sentimento de todos os sportinguistas. Não podia falhar as pessoas que sofreram e choraram connosco e por nós depois do sucedido. Aprendi a ser grato e hoje estou eternamente agradecido a ti, Sporting", acrescentou o defesa, que rendeu oito milhões de euros aos cofres leoninos.