Nacional só permite adereços alusivos ao Benfica na bancada dos visitantes

O Nacional informou esta quinta-feira que só vai permitir a entrada de adereços alusivos ao Benfica aos adeptos com bilhete para a bancada dos visitantes, no jogo de domingo, da quarta jornada da I Liga.

"Por razões de segurança, os adereços alusivos à equipa adversária serão apenas permitidos na bancada lateral nascente sul, setor destinado aos adeptos visitantes", pode ler-se no sítio oficial do clube madeirense na internet.

À espera de lotação esgotada no Estádio da Madeira, os responsáveis alvinegros deram ainda conta de que já não há ingressos disponíveis para o setor reservado aos adeptos 'encarnados'.

O Nacional, 13.º classificado com três pontos, recebe o Benfica, um dos líderes do campeonato, a par de Sporting, Sporting de Braga e Feirense, todos com sete pontos, no domingo, a partir das 18.30, em partida da quarta jornada da I Liga.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.