FIFA faz balanço muito positivo da arbitragem e do VAR no Mundial 2018

Gianni Infantino, presidente da FIFA, considera que o torneio realizado na Rússia foi "o melhor de todos os tempos"

A FIFA fez esta quarta-feira um balanço extremamente positivo das arbitragens no Mundial 2018, bem como da implementação do videoárbitro, que classificou como melhor da história.

"Dissemos que queríamos que este fosse o melhor Campeonato do Mundo de todos os tempos e foi o melhor de todos os tempos. Um papel crucial nessa conquista foi desempenhado pelos árbitros que se destacaram com desempenhos do mais elevado nível", congratulou-se Gianni Infantino, presidente da FIFA, .

A FIFA revelou-se "extremamente feliz" pela forma como jogadores, treinadores, adeptos e comunicação social aceitaram a chegada do videoárbitro ao Mundial, destacando a importância desta revolução tecnológica na modalidade.

"Como disse o presidente da FIFA, o VAR não está a mudar o futebol, está a limpá-lo, o nosso objetivo primordial quando iniciámos o projeto", disse o vice-secretário geral Zvonimir Boban.

O supervisor da implementação do projeto VAR elogiou a "extensa preparação, tanto antes quanto durante o torneio" de todos os agentes, coordenada e orientada pelo líder do Comité de Arbitragem da FIFA, Pierluigi Collina, e pelo seu diretor Massimo Busacca, considerando que a mesma "produziu resultados excecionais"

A efetivação do VAR motivou grande debate sobre o futebol e as suas regras, o que agradou ao organismo.

"É ótimo que tenha havido uma discussão tão generalizada. Só o entendimento completo das leis do jogo e os procedimentos de VAR já confere credibilidade a essas discussões", reforçou.

Após o sucesso com a arbitragem e o uso do VAR no Mundial, a FIFA promete "continuar os esforços" para melhorar e desenvolver os padrões gerais de arbitragem e auxiliar todas as federações e ligas que desejarem implementar o VAR em suas competições.

Ler mais