Mourinho. Os críticos "obcecados" e as "mentiras compulsivas"

Treinador recorreu à ironia para lançar farpas a jornalistas e comentadores, lembrando que não o devem criticar por não utilizar Rashford diante do Watford porque o avançado está suspenso

José Mourinho falou esta sexta-feira em conferência de imprensa, para lançar o jogo deste sábado com o Watford, e mais uma vez lançou farpas a jornalistas e comentadores, recorrendo à ironia com o facto de não poder utilizar Rashford, que está castigado.

"Já sei que vou ser duramente criticado por não utilizar o Marcus Rashford. Muitos dos rapazes [jornalistas] estão obcecados comigo. Alguns deles têm problemas e insistem nas constantes mentiras compulsivas, por isso acho que no domingo vão acordar e a primeira coisa que vão pensar é no José Mourinho", referiu o português. "Mas desta vez a culpa [de não utilizar Rasford] não é minha. Ele está suspenso e por isso é bom que se lembrem disso e que essa é a razão para ele não jogar", acrescentou, citado pela imprensa inglesa.

Depois de um relato exaustivo sobre a utilização do avançado inglês no Manchester United, deixou mais um duro ataque a alguns comentadores que não lhe têm poupado críticas pelo mau início de temporada do Manchester United. "Algumas pessoas, toda a gente sabe, têm dois salários, porque também trabalham para clubes, por isso não são independentes e conduzem as coisas na direção que entendem. Isso é demasiado óbvio."

O Manchester United ocupa o 10.º lugar na Premier League, com duas derrotas somadas nas quatro jornadas já disputadas (perdeu com o Brighton e com o Tottenham).

Ler mais

Exclusivos