Marítimo vence Santa Clara com penálti nos descontos

O Marítimo bateu este domingo em casa o Santa Clara, por 1-0, com um golo de grande penalidade, no período de compensação, em jogo disputado no Estádio dos Barreiros, no Funchal, na ronda inaugural da I Liga.

Os emblemas insulares, da Madeira e Açores, estavam à beira de protagonizar o primeiro empate da nova época da Liga, mas a mão de Patrick na área foi punida com penálti, que Rodrigo Pinho transformou em golo, aos 90+7 minutos.

O encontro que marcou o regresso do Santa Clara à Liga após 15 anos de ausência, ficou também marcado pela inexistência de vídeoárbitro, após o árbitro Manuel Oliveira não ter conseguido viajar para o Funchal, por condições climatéricas adversas, levando a que fosse substituído pelo Conselho de arbitragem por Anzhoni Rodrigues, da segunda categoria.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

Francisco ​​​​​​​em Pequim?

1. A perseguição aos cristãos foi particularmente feroz durante a Revolução Cultural no tempo de Mao. Mas a situação está a mudar de modo rápido e surpreendente. Desde 1976, com a morte de Mao, as igrejas começaram a reabrir e há quem pense que a China poderá tornar-se mais rapidamente do que se julgava não só a primeira potência económica mundial mas também o país com maior número de cristãos. "Segundo os meus cálculos, a China está destinada a tornar-se muito rapidamente o maior país cristão do mundo", disse Fenggang Yang, professor na Universidade de Purdue (Indiana, Estados Unidos) e autor do livro Religion in China. Survival and Revival under Communist Rule (Religião na China. Sobrevivência e Renascimento sob o Regime Comunista). Isso "vai acontecer em menos de uma geração. Não há muitas pessoas preparadas para esta mudança assombrosa".