Maradona diz que "Mourinho é melhor que Guardiola" e quer estagiar com o português

A treinar os mexicanos do Dorados, antigo jogador argentino conta que acha que vai passar uma semana em Manchester a observar os treinos de Mourinho. "Guardiola não inventou o tiki-taka", atirou

Desde setembro a treinar o Dorados, da II liga mexicana, Diego Armando Maradona revelou em entrevista à Marca que ainda tem que "aprender muito" e que por isso acha que vai "passar uma semana em Manchester para ver Mourinho treinar e perguntar-lhe muitas coisas".

"Porquê Mourinho?", perguntou o jornalista. "Porque é o melhor, sem dúvida alguma", respondeu o antigo craque argentino, que frisa que o português de 55 anos é melhor do que Pep Guardiola. "Para mim si, Mou é melhor. A Pep dou o mérito de aproveitar a lança que Johan Cruyff deixou. Já disse em mais do que uma ocasião que Guardiola não inventou o tiki-taka. O tiki-taka era de Cruyff. Só que agora Pep pode escolher os melhores do mundo, e assim o tiki-taka é mais fácil", vincou o campeão mundial de 1986, de 58 anos.

Na mesma entrevista, revelou que tem uma admiração incondicional por Lionel Messi. "Desde que Messi joga no Barcelona que nos querem fazer lutar permanentemente. Não sei porque têm obsessão comigo e com ele. Podiam compará-lo a Ronaldinho, por exemplo, que fez chover em Barcelona e, no entanto, ninguém se lembra dele", lamentou.

Outro compatriota de quem Maradona falou foi Santiago Solari, novo treinador do Real Madrid, tendo comparado essa nomeação de Florentino Pérez com a da Federação Argentina (AFA) relativamente a Scaloni, novo selecionador interino da albiceleste. "Em ambos os casos não têm costas para apoiar as equipas. Mas se eles foram colocados nesses cargos, foi por decisão do presidente da AFA e do Real Madrid, mas eu acho que eles vão durar muito tempo. Os treinadores devem ir queimando etapas e eles não as queimaram", frisou, considerando que o caso de Zinedine Zidane diferente: "É diferente queimar etapas chamando-se Zidane e chamando-se Scaloni ou Solari."

El Diez admitiu que gostaria de treinar o Real Madrid e falou da venda de Cristiano Ronaldo à Juventus. "Penso que foi uma boa saída para Cristiano. Deu tudo ao Real Madrid, já não se divertia como o faz agora no futebol italiano... e Florentino Pérez é muito atento. Quando viu que Ronaldo já só fazia um golo por jogo, vendeu-o, deixou-o ir", considerou, apelidando o presidente merengue de "sábio".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Monsanto

"Nunca pensei desistir." O jardineiro que derrubou a Monsanto

Não é um homem rico, como muitos pensam, porque ainda não recebeu a indemnização da Monsanto. Nem sabe se viverá o suficiente para assistir ao acórdão final do processo que travou contra a gigante agroquímica, dona da marca RoundUp. Ainda assim, sabe que já fez história. Na luta contra um cancro (linfoma não Hodgkin), diz que tem dores, altos e baixos, mas promete não desistir. Se houvesse cura, Dewayne Lee Johnson gostaria de criar uma fundação e dedicar-se mais à música e à arte.