Liverpool e Manchester City vencem e continuam separados por um ponto

A equipa de Klopp goleou o Watford, enquanto um penálti de Agüero salvou o City de Guardiola. Isto na noite em que Kepa Arrizabalaga foi de castigo para o banco do Chelsea

O Liverpool conservou esta quarta-feira a liderança da Premier League ao golear, em Anfield, o Watford, por 5-0, em jogo da 28.ª jornada da Premier League.

Com este resultado a equipa de Jürgan Klopp mantém-se com um ponto de vantagem sobre o Manchester City, que sentiu muitas dificuldades para ultrapassar o West Ham, por 1-0.

O Liverpool, com Rafael Camacho no banco, começou cedo a construir a goleada, com Sadio Mané bisar nos primeiros 20 minutos. Já no segundo tempo, o belga Divock Origi, que rendeu no onze o lesionado Roberto Firmino, fez o terceiro golo, tendo o defesa-central Virgil van Dijk fechado as contas da partida com dois golos. Em grande destaque nos reds esteve o defesa-direito Alexander-Arnold, que foi autor de três assistências.

A jogar em casa, o City de Guardiola só se desembaraçou do West Ham aos 59 minutos graças a um penálti transformado por Agüero, numa altura em que Bernardo Silva já estava em campo para tentar dar outro rumo à partida. No rescaldo da conquista da Taça da Liga no último fim-de-semana, os citizens dominaram em absoluto a partida, mas acabaram o jogo a sofrer para conquistarem os três pontos.

Kepa Arrizabalaga castigado no banco

No jogo grande da jornada, o Chelsea recebeu e venceu o Tottenham por 2-0. O dérbi londrino foi marcado pelo facto de o treinador dos blues, Maurizio Sarri, ter colocado o guarda-redes Kepa Arrizabalaga no banco, depois do incidente que protagonizou na final da Taça da Liga, na qual se recusou a ser substituído nos minutos finais do prolongamento.

Assim sendo, o argentino Willy Caballero ocupou a baliza do Chelsea, que construiu o triunfo na segunda parte graças a um golo do espanhol Pedro e a um lance infeliz de Trippier que marcou na própria baliza. Este resultado faz com que o Tottenham se atrase na luta pelo título, mantendo-se em terceiro lugar mas agora a oito pontos do City e a nove do Liverpool.

O quarto lugar é ocupado pelo Arsenal que recebeu e goleou o Bournemouth por 5-1, com golos de Mesut Özil, Mkhitaryan, Koscielny, Aubameyang e Lacazette. Os gunners mantêm a vantagem de um ponto para o quinto posto que é ocupado pelo Manchester United que foi a Londres vencer o Crystal Palace, por 3-1. Dois golos de Romelu Lukaku e um de Ashley Young ditaram o triunfo da equipa de Ole Gunnar Solskjaer, que contou com o português Diogo Dalot até ao minuto 77.

Resultados da 28.ª jornada

Leicester-Brighton, 2-1
Cardiff-Everton, 0-3
Huddersfield-Wolverhampton, 1-0
Newcastle-Burnley, 2-0
Southampton-Fulham, 2-0
Arsenal-Bournemouth, 5-1
Chelsea-Tottenham, 2-0
Liverpool-Watford, 5-0
Manchester City-West Ham, 1-0
Crystal Palace-Manchester United, 1-3

Confira a classificação da Premier League

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".