Liga francesa adia mais dois jogos no auge do movimento dos "coletes amarelos"

Autoridades locais pediram o adiamento do Mónaco-Nice e do Saint-Etienne-Marselha. Liga francesa já tinha adiado o jogo entre Paris Saint-Germain e Montpellier e também o Toulouse-Lyon.

Os jogos Mónaco-Nice e Saint-Etienne-Marselha, da 17.ª jornada do campeonato francês de futebol, foram adiados a pedido das autoridades locais, no auge do movimento dos 'coletes amarelos', anunciou esta quinta-feira a organização da prova.

A partida entre os monegascos, equipa na qual alinha o avançado português Rony Lopes, e o Nice deveria abrir na sexta-feira a 17.ª ronda, enquanto ao encontro entre o Saint-Etienne e o Marselha, do defesa português Rolando, caberia o encerramento da jornada, no domingo.

Na terça-feira, a Liga francesa anunciou o adiamento do jogo mais importante da ronda, entre o Paris Saint-Germain, líder destacado do campeonato, e o Montpellier, segundo classificado, bem como da partida entre o Toulouse e o Lyon.

Em causa está também a perturbação provocada pelas ações do movimento 'coletes amarelos', já que os protestos e as manifestações alastraram-se de Paris a outras regiões do território francês.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.