Liga das Nações leva Portugal ao quinto lugar do ranking da FIFA

A Bélgica continua a liderar a lista das seleções nacionais a nível mundial

O triunfo na Liga das Nações de futebol ajudou Portugal a subir ao quinto lugar do 'ranking' da FIFA, uma progressão de duas posições, revelou esta sexta-feira o organismo do futebol mundial. A seleção portuguesa, orientada por Fernando Santos, era em abril sétima da classificação da FIFA, ainda liderada pela Bélgica, mas a vitória na Liga das Nações permitiu a Portugal aproximar-se da Inglaterra, a apenas 21 pontos.

Na fase final da nova competição da UEFA, a equipa nacional venceu nas meias-finais a Suíça, por 3-1, e na final a Holanda, por 1-0, em jogos disputados no Porto.

A Inglaterra, que terminou em terceiro, mantém o quarto lugar no ranking da FIFA, a Suíça desceu do oitavo para o nono, e a finalista vencida Holanda subiu da 16.ª para a 14.ª posição. O triunfo português empurrou ainda a vice-campeã mundial Croácia da quinta para a sexta posição, num top-10 em que também o Uruguai caiu duas posições (8.º), e a Espanha subiu duas (7.ª).

A um dia de arrancar a Copa América, a competição mais importante de seleções na América do Sul, o Brasil, anfitrião da prova, é terceiro classificado e o primeiros dos sul-americanos, seguido do Uruguai, em oitava, e da Argentina. em 11.º.

Das seleções treinadas por portugueses, a Colômbia, de Carlos Queiroz, desceu uma posição e é 13.ª, a Coreia do Sul, de Paulo Bento, mantém o 37.º posto, e o Burkina Faso, de Paulo Duarte, caiu também um lugar, para 59.º.

Entre os países de Língua Oficial Portuguesa, Cabo Verde tem a melhor posição, no 76.º lugar, seguindo de Moçambique e Guiné-Bissau, muito próximos, no 117.º e 188.º lugares, respetivamente. A Guiné-Bissau é um dos países que disputará a partir de 21 de junho a CAN (Taça das Nações Africanas), bem como Angola, que na classificação da FIFA é 123.ª.

Ranking da FIFA em 14 de junho:

1. (1) Bélgica, 1.747.

2. (2) França, 1.718.

3. (3) Brasil, 1.681.

4. (4) Inglaterra, 1.652.

5. (7) Portugal, 1.631

6. (5) Croácia, 1.621.

7. (9) Espanha, 1.617.

8. (6) Uruguai, 1.615.

9. (8) Suíça, 1.605.

10. (10) Dinamarca, 1.586.

Exclusivos