Leipzig trocou multas em dinheiro por roleta com castigos aos jogadores

Treinado do clube alemão onde joga o internacional português Bruma inovou nas punições aos futebolistas. Quem pisar o risco pode ter de trabalhar na confeitaria ou na loja do clube, ou até usar um fato de bailarina nos treinos

Ralf Rangnick, treinador do Leipzig, equipa da I Liga alemã onde atua o internacional português Bruma, resolveu acabar com as multas em dinheiro para castigar os jogadores que chegam atrasados aos treinos ou que praticam atos de indisciplina. Mas as multas foram substituídas por... castigos. O clube criou uma roda da sorte (neste caso de azar) com 12 punições, que vão desde limpar bolas e equipamentos, a trabalhar umas horas na loja do Leipzig ou na confeitaria, até usar camisolas rosa ou trajes de bailarina nos treinos.

"As multas em dinheiro raramente dão resultado. Castiga mais os jogadores, por exemplo, terem menos tempo livre, como trabalhar três horas na loja do clube", argumentou o treinador.

Eis os 12 castigos, que na realidade são 11, porque um iliba os futebolistas:

- Encher as bolas, limpá-las e colocá-las no campo antes do treino: 30 minutos por dia durante uma semana;

- Treinar uma equipa filial no dia de folga durante quatro horas;

- Servir de guia nas visitas ao estádio durante uma hora;

- Sorte: sem castigo;

- Cortar a relva e cuidar do campo de treinos num total de quatro a seis horas por semana;

- Usar uma camisola cor de rosa ou um fato de bailarina durante um treino de 90 minutos;

- Preparar as bebidas (água e energéticas) antes dos treinos: 20 minutos por dia durante uma semana;

- Trabalhar na loja do clube atrás do balcão durante três horas;

- Servir refeições e limpar as mesas da cafetaria do clube 30 minutos por dia;

- Fazer a limpeza dos equipamentos e das chuteiras: 30 minutos por dia;

- Ajudar a carregar mochilas e equipamentos para o autocarro da equipa nos dias de jogos visitante, durante cerca de uma hora e meia;

- Comprar pequenos presentes para as cerca de 60 pessoas que compõem o staff do Leipzig.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.