José Peseiro fala de vermelho por mostrar e de um penálti sobre Nani

Treinador do Sporting criticou a arbitragem em dois lances que diz que os leões foram prejudicados. "Não digo que íamos ganhar o jogo, mas podíamos ter capacidade para suportar melhor a pressão

Apesar da derrota e da má segunda parte do Sporting, José Peseiro afirmou estar contente com os seus jogadores, chamando a atenção para dois lances na primeira parte que na sua opinião não foram bem ajuizados pelo árbitro.

"Fizemos uma uma excelente primeira parte, mas que não conseguimos repetir na segunda, muito por mérito do adversário, que é muito bom, que é uma grande equipa. Acho que foi um bom jogo contra uma grande equipa, mas tenho de recordar que era vermelho direto [para Sokratis] após falta sobre Montero e penálti sobre Nani [alegada falta de Lichtsteiner]".

"Podiam ser lances decisivos ou não, não sabemos. Mas o Arsenal ficar reduzido a dez seria uma vantagem. Não digo que íamos ganhar o jogo, mas podíamos ter capacidade para suportar melhor a pressão. Foi pena o golo que sofremos e pena não termos conseguido o empate. Mas com o penálti ou com o cartão vermelho ao jogador do Arsenal acho que podíamos estar a olhar para outro adversário", acrescentou Peseiro.

O guarda-redes Renan estreou-se esta quinta-feira nas provas europeias, mas apesar da boa exibição, não conseguiu evitar a derrota dos leões. "Estou feliz pela estreia na Liga Europa. Realizei um sonho, mas fico triste pelo resultado, os adeptos não mereciam a derrota. O Arsenal é uma boa equipa e temos de trabalhar mais para conseguirmos um bom resultado contra este adversário", referiu.

Sobre a titularidade, disse sentir-se "preparado para jogar". "Estou contente por ter jogado e agradeço ao treinador pela oportunidade. A decisão cabe ao treinador. O que tenho de fazer é honrar esta camisola e continuar a trabalhar."

Exclusivos