José Fonte deixa os chineses do Dalian Yifang

O central internacional português anunciou este domingo, na sua página oficial da rede social Instagram, que deixou de representar o Dalian Yifang, seis meses depois de ter assinado pelo clube da liga chinesa.

"O meu tempo na China e no Dalian chega ao fim. Um muito obrigado a todos. Estou muito grato a todos os adeptos do Dalian e ao grande país que é a China. Foi uma experiência fantástica", escreveu o defesa-central de 34 anos.

Fonte, que ajudou Portugal a conquistar o Euro 2016, chegou ao futebol chinês no início do ano, depois de ter passado nove temporadas em Inglaterra, onde representou Crystal Palace, Southampton e West Ham.

O central, que fez a sua formação no Sporting, não revelou qual o seu próximo clube.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.