Jorge Jesus cede empate em casa antes da chegada de Rui Vitória

Está ao rubro a luta pelo título na Arábia Saudita. O Al Hilal cedeu igualdade no tempo extra e o Al Nassr está a quatro pontos (menos um jogo) na semana em que o ex-treinador do Benfica assume o comando da equipa

O Al Hilal, treinado por Jorge Jesus, não foi além do empate 1-1, em casa, diante do Al-Raed, sétimo classificado da Liga da Arábia Saudita.

Foi um jogo com um final emocionante, uma vez que aos 90+2, a equipa orientada pelo técnico português adiantou-se no marcador, mas pouco depois os visitantes arrancaram a igualdade, que aumenta para dois consecutivos os jogos que o Al Hilal empata.

Apesar deste resultado, Jorge Jesus mantém-se na liderança do campeonato, com quatro pontos de vantagem e mais um jogo disputado em relação ao Al Nassr, que a partir de segunda-feira passará a ser orientado por Rui Vitória.

Está assim ao rubro este campeonato, no qual se prevê uma luta palmo a palmo entre os dois treinadores portugueses, que nas três últimas épocas lutaram pelo título português. Al Hilal e Al Nasser têm encontro marcado para o dia 20 de março e nessa altura estarão a faltar cinco jornadas para o final da competição.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.