Jonas não vai à Turquia

Avançado brasileiro continua de fora dos convocados do Benfica. Rui Vitória leva 21 jogadores para Istambul, onde os encarnados defrontam o Fenerbahçe na terça-feira

Ainda não é desta que Jonas vai estrear-se pelo Benfica em 2018/19. O avançado brasileiro ficou de fora da lista de convocados de Rui Vitória para o jogo desta terça-feira no terreno do Fenerbahçe, tal como já o tinha ficado na receção aos turcos, na 1.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, e no embate com o V. Guimarães, da 1.ª jornada da I Liga.

Segundo o boletim clínico divulgado durante a tarde deste domingo, o jogador está a contas com uma cervicalgia.

O melhor marcador dos encarnados da última temporada anunciou este sábado que vai continuar de águia ao peito, apesar do assédio clubes da Arábia Saudita e do Brasil.

O Benfica defende esta terça-feira em Istambul a vantagem de 1-0 obtida na 1.ª mão.

Convocados do Benfica:

Guarda-redes: Svilar, Varela e Odysseas;

Defesas: Conti, Grimaldo, Rúben Dias, Yuri Ribeiro, Jardel e André Almeida;

Médios: Fejsa, Cervi, Alfa Semedo, Zivkovic, Salvio, Pizzi, Samaris, Rafa, João Félix e Gedson;

Avançados: Ferreyra e Castillo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A Europa, da gasolina lusa ao palhaço ucraniano

Estamos assim, perdidos algures entre as urnas eleitorais e o comando da televisão. As urnas estão mortas e o nosso comando não é nenhum. Mas, ao menos, em advogado de Maserati que conduz sindicalistas podíamos não ver matéria de gente rija como cornos. Matéria perigosa, sim. Em Portugal como mais a leste. Segue o relato longínquo para vermos perto.Ontem, defrontaram-se os dois candidatos a presidir a Ucrânia. Não é assunto irrelevante apesar de vivermos no outro extremo da Europa. Afinal, num canto ainda mais a leste daquele país há uma guerra civil meio instigada pelos russos - e hoje sabemos, como não sabíamos ainda há pouco, que as guerras de anteontem podem voltar.