Jean Todt: "Vi o GP Brasil na Suíça com o Michael Schumacher"

O antigo piloto alemão sofreu um acidente em dezembro de 2013 quando esquiava com o filho nos Alpes franceses, tendo ficado em coma. Desde então a família mantém grande secretismo sobre o seu real estado de saúde.

Jean Todt, presidente da Federação Internacional do Autómovel, confessou numa entrevista ao Auto Bild Motorsport que estava na Suíça, em casa de Michael Schumacher, aquando do GP Brasil (em novembro) e que viu a vitória de Lewis Hamilton na prova ao lado do alemão.

"Na realidade, sou sempre muito cauteloso quando digo alguma coisa, mas é verdade que vi o GP Brasil na Suíça com o Michael Schumacher", contou o líder do organismo sem revelar pormenores do estado de saúde do campeão mundial de F1.

Isto depois de arcebispo alemão Georg Gänswein ter dito à revista alemã Bunte que o ex-piloto alemão "está em estado vegetativo", mas que "sente as pessoas".

O antigo piloto alemão sofreu um acidente em dezembro de 2013 quando esquiava com o filho nos Alpes franceses, tendo ficado em coma. Desde então a família mantém grande secretismo sobre o seu real estado de saúde.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.