Helicóptero que vitimou dono do Leicester não respondeu ao piloto

Primeiras investigações sobre o acidente que vitimou o dono do Leicester, Vichai Srivaddhanaprabha, e de quatro acompanhantes, apontam para falha do aparelho, que não respondeu ao comando do piloto.

O helicóptero que se despenhou e provocou a morte do dono do Leicester, Vichai Srivaddhanaprabha, e de quatro acompanhantes "não respondeu ao comando do piloto", segundo revelaram as primeiras investigações sobre o acidente.

O organismo responsável pela investigação às causas do acidente precisou que o helicóptero começou a virar à direita, contrariando a ordem do piloto, acabando por se despenhar no parque de estacionamento adjacente ao estádio do Leicester e provocando a morte de todos os ocupantes.

O acidente ocorreu cerca de uma hora depois do encontro entre o Leicester, onde atuam os internacionais portugueses Adrien Silva e Ricardo Pereira, e o West Ham, que terminou empatado 1-1.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.