Golo de Pavard (França) eleito o melhor do Mundial

O golo do defesa francês na partida diante da Argentina dos oitavos de final foi considerado o melhor do torneio

Já está decidido. O melhor golo marcado no Mundial da Rússia foi da autoria do defesa francês Benjamim Pavard, apontado no jogo diante da Argentina, um remate cruzado de fora da área ao ângulo superior direito da baliza de Armani. Na altura deu o 2-1 aos gauleses, que venceram o jogo por 4-3.

Na lista dos 18 golos candidatos estão dois portugueses: o de Cristiano Ronaldo de livre contra a Espanha e o de Ricardo Quaresma, de trivela, diante do Irão de Carlos Queiroz, ambos ainda na fase de grupos. Mas o golo do defesa francês acabou por recolher a maioria dos votos dos adeptos no site FIFA.

Recorde aqui o golo de Pavard à Argentina.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.