França elimina EUA do Mundial de basquetebol. Americanos perdem 13 anos depois

Desde os Jogos Olímpicos de 2006 que os americanos não sabiam o que era perder um jogo. Os franceses atiraram os bicampeões mundiais para fora do pódio pela primeira vez desde 2002.

Surpresa no Campeonato do Mundo de basquetebol que decorre na China. A França eliminou os Estados Unidos nos quartos-de-final da competição ao vencer por 89-79, acabando com uma longa série de invencibilidade da seleção americana que durava desde os Jogos Olímpicos de 2006 quando foi derrotada pela Grécia... passaram-se 48 jogos e 13 anos.

Os Estados Unidos são os bicampeões mundiais em título e sabem agora que vão regressar a casa sem medalha, algo que não acontecia desde 2002 quando desiludiram no Mundial que realizaram em casa, em Indianápolis, quando foram eliminados pela então Jugoslávia também nos quartos-de-final.

Para se ter noção do poderio dos americanos nos Mundiais de basquetebol, é preciso dizer que nas 18 edições da competição, apenas em seis ficaram fora do pódio, tendo sido cinco vezes campeões do mundo, tendo ainda conquistado três medalhas de prata e quatro de bronze.

O campeonato que se está a realizar na China está a ser marcado pelas surpresas, pois a Sérvia, outra das favoritas, foi derrotada esta terça-feira pela Argentina, que vai defrontar nas meias-finais a França, carrasca dos Estados Unidos.

Na outra meia-final, a Espanha, que venceu a Polónia por 90-78, vai defrontar a Austrália, que bateu a República Checa, por 82-70.