SF90, o novo carro da Ferrari para tentar bater a Mercedes na F1

A Ferrari revelou o carro com que o alemão Sebastian Vettel e o monegasco Charles Leclerc vão disputar a temporada de 2019 de Fórmula 1 e tentar contrariar a hegemonia da Mercedes.

O novo monolugar da Ferrari, denominado por SF90 em homenagem aos 90 anos da escuderia italiana, apresenta como principal característica a cor vermelha opaca, uma novidade em relação ao habitual vermelho brilhante das épocas anteriores.

"A cor opaca é esplêndida. Começámos o desenvolvimento do carro [SF90] em 2018 e isto não é uma revolução, mas sim uma evolução em relação aos anteriores", disse o novo chefe da equipa, Mattia Binotto, que em janeiro substituiu Maurizio Arrivabene.

Para além da cor vermelha opaca, outra das alterações visíveis em relação ao monolugar anterior é que o atual apresenta uma diferença notável na parte traseira do chassi, que é muito mais estreita do que a que foi vista em 2018.

"Tentámos inovar até ao limite", acrescentou o diretor da escuderia italiana, que terminou na segunda posição da classificação de construtores a época de 2018 de Fórmula 1, atrás da campeã Mercedes e à frente da Red Bull, terceira posicionada.

Vettel "muito animado" com o carro

Sebastian Vettel e o reforço Charles Leclerc vão estrear o novo carro em 18 de fevereiro, numa sessão de testes a realizar em Barcelona, que inicia a preparação de uma temporada em que a Ferrari quer acabar com a hegemonia da Mercedes, que conquistou cinco títulos consecutivos.

"Estamos muito animados com o carro. É a primeira vez que vejo a versão definitiva. A minha vontade é começar já a competir, mas ainda tenho de esperar", gracejou Vettel, que possui quatro títulos consecutivos de campeão mundial (2010 a 2013).

O piloto alemão, de 31 anos, terá como colega de equipa o monegasco Charles Leclerc, de 21 anos, substituto de Kimi Raikkonen, que foi para a Alfa Romeo Sauber, tendo o finlandês sido o último campeão pela Ferrari, em 2007.

Charles Leclerc é o mais jovem piloto ao comando de um carro da Ferrari na Fórmula 1 desde 1961, depois do mexicano Ricardo Rodriguez.

"Estou muito emocionado. É a concretização de um sonho de criança. Trabalhar com Vettel é uma oportunidade de aprender com um grande campeão", disse Charles Leclerc, que competiu na última época pela equipa Alfa Romeo Sauber e apresenta como melhor resultado o sexto lugar no Azerbaijão.

A época de 2019 de Fórmula 1, que inclui 21 corridas, principia em 17 de março em Melbourne, na Austrália.

Ler mais

Exclusivos