De mais caro de sempre do FC Porto ao último da Liga Espanhola

O médio francês Gianneli Imbula foi esta quinta-feira oficializado como reforço do Rayo Vallecano, cedido por um ano pelos ingleses do Stoke.

Ambos os emblemas anunciaram o acordo através dos respetivos sítios oficiais na internet, no qual o Stoke referiu que o futebolista fez apenas 28 jogos desde que chegou a terras inglesas, em janeiro de 2015, tendo passado a temporada passada emprestado aos franceses do Toulouse.

Imbula causou sensação no verão de 2015 quando o FC Porto fez dele a contratação mais cara de sempre do clube, pagando 20 milhões de euros ao Marselha - entretanto, esse recorde foi igualado por Óliver Torres, oriundo do Atlético Madrid a título definitivo no verão passado.

No entanto, se o médio francês fez capas de jornais aquando da sua contratação, foi incapaz de justificar o mesmo protagonismo pelo seu desempenho com a camisola azul e branca, tendo sido transferido para os ingleses do Stoke City em janeiro de 2016 por 25 M. Também não pegou em Inglaterra, tendo passado a temporada transata emprestado ao Toulouse.

Agora, voltará a ser cedido, mas ao Rayo Vallecano, tornando-se o 11.º reforço da equipa orientada por Míchel, depois de Kakuta, Advíncula, Tito, Medrán, Amat, Pozo, Álvaro García, José León, Velázquez e Raúl de Tomás.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.