Ex-jogadores trunfos eleitorais do Sporting davam para fazer um onze de luxo

Sporting ficaria bem servido caso os antigos atletas envolvidos nas várias listas ou fazendo parte do projeto dos seis candidatos se juntassem para formar uma equipa de futebol. São quase todos ex-leões e das épocas douradas do futebol leonino. Nomes que os candidatos julgam valer muitos votos nas eleições deste sábado

Já imaginou uma equipa do Sporting com Peter Schmeichel na baliza, Caneira a lateral direito, Beto e André Cruz a centrais, Roberto Carlos a lateral esquerdo, Vidigal, Duscher e Hugo Viana no meio campo, Cadete, Manuel Fernandes e Beto Acosta no ataque?

A dupla técnica seria composta por Jorge Jesus e Carlos Pereira, isto após a saída de cena de Claudio Ranieri.

No banco estariam Ricardo, Zé Eduardo, Hilário, Fraguito e Fernando Peres prontos a substituir qualquer um dos titulares.

Fora da convocatória por falta de comparência do candidato (Madeira Rodrigues) ficaram Balakov, Marco Aurélio e Delfim.

Nomes que valem votos

Numa campanha à antiga os "nomes" foram jogados como triunfos eleitorais. Aliás, estas eleições prometem ficar marcadas pelos "nomes" envolvidos. Quase todos os candidatos jogaram forte nesse campo, com recurso a antigos jogadores, quase todos de épocas douradas do futebol leonino. Muitos deixaram saudades e os candidatos apostam que podem render votos, embora longe das mediáticas cinco unhas de José Gonçalves (Hans Eskillson, Ricardo Rocha, Rodolfo Rodríguez, Silas e Douglas) do verão de 1998.

Schmeichel é trunfo de Benedito para embaixador da marca Sporting a nível internacional e eventual representante do clube em eventos além-fronteiras. O candidato da lista A aposta ainda em André Cruz para diretor desportivo. Já Rui Jorge Rego apareceu (literalmente e para não deixar dúvidas) em Alvalade com Roberto Carlos, ex-jogador do Real Madrid e campeão do mundo pelo Brasil para diretor do futebol.

Mas há mais e quase todos ligados a títulos e épocas douradas do clube.Beto, Hugo Viana, Beto Acosta e Manuel Fernandes figuram no organograma de Frederico Varandas, enquanto Jorge Cadete e Marco Caneira estão com José Maria Ricciardi. Já o guarda-redes Ricardo será o homem forte de Dias Ferreira em caso de eleição do líder da Lista F, este sábado.

Seis candidatos

São agora seis os candidatos à sucessão do destituído Bruno de Carvalho. O gestor que foi guarda-redes de futsal (João Benedito), o economista-banqueiro sobrinho neto do fundador (Ricciardi), o médico da equipa que já foi militar (Frederico Varandas), o advogado outsider(Rui Jorge Rego), o advogado que já foi a figura máxima do clube (Dias Ferreira) e o empresário que já foi presidente do Tourizense (Tavares Pereira).

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.