Marcelo felicita Inês Henriques pelo título europeu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou esta terça-feira a atleta Inês Henriques pela conquista do título europeu nos 50 quilómetros de marcha, em Berlim, numa mensagem divulgada no sítio oficial da Presidência na Internet.

"Depois do recorde do mundo da modalidade e do título mundial, ambos conquistados em 2017, uma vez mais a atleta portuguesa de marcha nos enche de orgulho e alegria. Agora, em Berlim, Inês Henriques veio confirmar o excelente resultado do ano passado em Londres, alcançando o título europeu dos 50 quilómetros de marcha", escreveu o chefe de Estado.

A marchadora do CN Rio Maior tornou-se na primeira campeã europeia na distância, que se estreou em Europeus, ao concluir em 4:09.21 horas, deixando a ucraniana Alina Tsviliy, segunda classificada, a 3.23 minutos, e a espanhola Julia Takács, terceira, a 6.01.

Inês Henriques já deteve o recorde do mundo (4:05.56) desde 13 de agosto de 2017, quando conquistou o título mundial, em Londres, mas Liang Rui retirou 1.20 minutos à sua marca (4:04.36), em 05 de maio último, no Mundial de marcha por Nações, em Taicang, na China.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.