Europeu sub-19: Marcelo saúda vitória como "novo ponto alto do futebol português"

O Presidente da República saudou este domingo a vitória de Portugal na final do Europeu de Futebol de sub-19, tal como o primeiro-ministro, António Costa, através do Twitter.

Na sua mensagem de felicitações aos campeões europeus, divulgada no portal da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa assinalou que "a alegria" que os jovens futebolistas "trouxeram a Portugal merece o reconhecimento do Presidente da República" e os "parabéns por esta grande vitória (...), muito sofrida e heroica".

"Um novo ponto alto do futebol português, destes jovens que nos fazem acreditar no futuro", terminou o Chefe do Estado.

O primeiro-ministro, António Costa, também felicitou a seleção portuguesa de futebol de sub-19 pela "grande vitória" na final do europeu, na Finlândia, considerando que foi merecida."Parabéns à seleção de Portugal, campeões europeus de sub-19! Que grande percurso, que grande vitória! Merecem este título. Parabéns campeões, por mais esta vitória de Portugal", escreveu o chefe do governo na rede social Twitter.

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto afirmou tratar-se de "mais uma brilhante vitória" das seleções jovens. Numa mensagem na rede social Twitter, João Paulo Rebelo afirmou: "Mais uma brilhante vitória das nossas seleções jovens! Campeões da Europa em sub-19! Grande abraço de parabéns para a Finlândia e para a @FPF_Futebol!".

A seleção portuguesa de futebol de sub-19 conquistou este domingo o título europeu do escalão, pela quarta vez, depois dos triunfos em 1961, 1994 e 1999, ao vencer a Itália, por 4-3, após prolongamento, na Finlândia.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

Legalização da canábis, um debate sóbrio 

O debate público em Portugal sobre a legalização da canábis é frequentemente tratado com displicência. Uns arrumam rapidamente o assunto como irrelevante; outros acusam os proponentes de usarem o tema como mera bandeira política. Tais atitudes fazem pouco sentido, por dois motivos. Primeiro, a discussão sobre o enquadramento legal da canábis está hoje em curso em vários pontos do mundo, não faltando bons motivos para tal. Segundo, Portugal tem bons motivos e está em boas condições para fazer esse caminho. Resta saber se há vontade.

Premium

nuno camarneiro

É Natal, é Natal

A criança puxa a mãe pela manga na direcção do corredor dos brinquedos. - Olha, mamã! Anda por aqui, anda! A mãe resiste. - Primeiro vamos ao pão, depois logo se vê... - Mas, oh, mamã! A senhora veste roupas cansadas e sapatos com gelhas e calos, as mãos são de empregada de limpeza ou operária, o rosto é um retrato de tristeza. Olho para o cesto das compras e vejo latas de atum, um quilo de arroz e dois pacotes de leite, tudo de marca branca. A menina deixa-se levar contrariada, os olhos fixados nas cores e nos brilhos que se afastam. - Depois vamos, não vamos, mamã? - Depois logo se vê, filhinha, depois logo se vê...