Estrela da natação sincronizada espanhola morre aos 34 anos

A nadadora espanhola participou em várias competições europeias e mundiais

A nadadora Tina Fuentes, que integrou a melhor equipa espanhola de natação sincronizada de sempre, morreu esta , aos 34 anos, vítima de cancro, anunciou a federação espanhola da modalidade.

Tina foi, tal como a sua irmã Andrea, uma figura importante nos resultados da equipa espanhola de natação sincronizada entre 2000 e 2007, entre os quais uma medalha de prata nos Europeus de 2002 e outra nos Mundiais de 2003.

"Tina deu muito a este desporto que amava com paixão. Era uma pessoa muito autêntica, que vivia cada momento com a máxima intensidade", referiu a federação espanhola de natação, em comunicado.

A irmã, Andrea Fuentes, publicou um vídeo de homenagem à irmã na sua página oficial do Instagram, onde escreveu:

"Boa viagem irmã. Nós fizemos a festa que tu querias. Sem drama. Compartilhando um bom momento. Diferente e especial como tu. Tambores, sal, pétalas e fogo. A lua cheia, o mar e a melhor companhia. Todos os que estavámos hoje te agradecemos por tudo o que vivemos".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).