Estádio da Luz interditado por quatro jogos pelo Conselho de Disciplina

Encarnados vão recorrer e apresentar uma providência cautelar junto do Tribunal Arbitral do Desporto, para conseguir uma suspensão do castigo. Clube considera "totalmente inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas para tal decisão"

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu interditar o Estádio da Luz por quatro jogos, depois de uma queixa do Sporting por alegado apoio dos encarnados a claques ilegais. O castigo, no entanto, é passível de recurso, e o Benfica vai recorrer da decisão e apresentar uma providência cautelar junto do Tribunal Arbitral do Desporto, confirmou ao DN fonte das águias.

Num curto comunicado, os encarnados consideram que são "totalmente inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas para tal decisão". "Estamos convictos de que conseguiremos fazer valer as nossas razões no decurso deste processo", acrescenta o Benfica.

Na mesma nota, os encarnados explicam que vão "apresentar uma providência cautelar junto do Tribunal Aribtral do Desporto (TAD) com efeitos imediatos da decisão proferida pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, com base num processo aberto pela Comissão de Instrução da Liga Portugal que decreta a interdição do Estádio da Luz por 4 jogos".

A notícia foi avançada pelo Maisfutebol, informando que Benfica, Sporting e a Liga já haviam sido notificados da decisão, com os encarnados a serem ainda multados em 28 mil euros. A queixa data da época 2016/2017, quando os leões acusaram o eterno rival de apoiar claques ilegais.

Ler mais

Exclusivos