Éder Militão junta-se Felipe nos convocados do Brasil

O defesa, que este domingo se estreou no FC Porto, foi convocado para a seleção brasileira, substituindo o lesionado Fágner para os jogos particulares frente a Estados Unidos e El Salvador.

Éder Militão, de 20 anos, contratado pelos azuis e brancos ao São Paulo, foi chamado pela primeira vez pelo selecionador Tite, que já tinha convocado o também portista Felipe, com quem fez dupla na vitória frente ao Moreirense (3-0).

O lateral do Corinthians, Fágner, foi dispensado devido a uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

O Brasil vai disputar dos jogos particulares nos Estados Unidos, frente à seleção norte-americana, na quinta-feira, e diante de El Salvador, em 11 de setembro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.