"É inacreditável". Ana Nogueira faz história e conquista Madrid Master

Ana Catarina Nogueira fez história no padel, ao tornar-se a primeira portuguesa a conquistar o Madrid Master, um torneio de categoria máxima do World Padel Tour (WPT), ao lado da espanhola Paula Josemaría.

A jogadora natural do Porto, 12.ª colocada do 'ranking" WPT, e a jovem parceira, de 22 anos, bateram na final as espanholas Elisabet Amatriaín e Patrícia Llaguno em dois 'sets', por 6-4 e 6-3.

Depois de ultrapassarem na meia-final Alejandra Salazar e Ari Sánchez, a dupla número dois mundial, Ana Nogueira e Paula Josemaría (17.ª WPT), a jogar a terceira final da temporada, entraram muito concentradas e, impondo um ritmo elevado e um jogo consistente, não deram grandes hipóteses às adversárias.

As vencedoras converterem cinco 'break points', em sete oportunidades, e registarem 41 'winners' e 24 erros não forçados, face às duas quebras de serviço de Amatriaín e Llaguno, que concretizaram 19 'winners' e cometeram 13 erros não forçados.

A dupla luso-espanhola já tinha conquistado um triunfo, no Arroyo de la Encomienda Challenger, em novembro de 2018.

No final, Ana Catarina Nogueira admitia não ter "palavras para descrever a emoção" resultante da vitória, a primeira portuguesa, no World Padel Tour (WPT), no caso no Madrid Master, ao lado da parceira espanhola Paula Josemaría.

"É inacreditável. Estou muito feliz e orgulhosa. É um sonho concretizado. Nunca pensei fazer um ano destes", confidenciou a número um nacional e 12.ª colocada no 'ranking' WPT em declarações à agência Lusa, após a vitória ante as espanholas Elisabet Amatriaín e Patrícia Llaguno, por 6-4 e 6-3.

Apesar de estar no circuito mundial há cinco anos, "relativamente pouco tempo em relação às outras jogadoras", defende, Ana Nogueira diz que tem vindo "a encurtar distâncias aos poucos", sendo que "esta época tem sido fenomenal".

"É o resultado de muito trabalho, disciplina, esforço e dedicação ao longo dos anos, além da nossa equipa estar muito completa esta temporada", assegura.

A jogar a terceira final da temporada, depois de eliminar nas meias-finais Alejandra Salazar e Ari Sánchez, o par número dois mundial, a dupla luso-espanhola mostrou-se determinada a conquistar o primeiro troféu de categoria máxima no WPT.

"Hoje, entrámos muito melhor no encontro do que na meia-final. Estávamos mais serenas, confiantes e agressivas. Tivemos quase sempre o domínio do jogo e conseguimos impor a nossa agressividade para fechar pontos nos momentos certos", avaliou.

A estratégia para levar de vencida a dupla número 5 da hierarquia WPT, conta Ana Nogueira, passou por "aguentar atrás, sem pressa, e jogar balões para a Elisabet".

"À frente, jogámos mais soltas, apostando nas nossas melhores pancadas, vólei e smash, para com paciência fechar pontos", completou a jogadora natural do Porto, que fez hoje história no circuito mundial.

O próximo desafio de Ana Catarina Nogueira e Paula Josemaría é no Cascais Padel Master, que vai decorrer nos Jardins do Casino Estoril, entre 17 e 22 de setembro.