Dragões renovam com jovem Diogo Queirós

Central de 19 anos, campeão europeu sub-17, deve fazer o estágio de pré-época às ordens de Sérgio Conceição

O campeão FC Porto, campeão nacional de futebol, prolongou contrato com o defesa Diogo Queirós, de 19 anos, anunciaram esta quinta-feira os dragões na sua página oficial.

"Estou muito orgulhoso por acreditarem em mim. Só posso deixar aqui claro que vou dar o meu máximo, com determinação em todos os momentos, para ajudar o FC Porto a chegar longe", disse o jogador português, que representa o clube desde 2010, nos escalões jovens e secundários.

Esta época, o jogador fez 27 jogos ao serviço do FC Porto B, clube que acabou na sétima posição da II Liga portuguesa.

Queirós passou pelas academias jovens do Leixões antes de rumar aos'azuis e brancos, com os quais venceu um campeonato nacional de juniores em 2015/16.

Pela seleção nacional, o defesa acumula 46 internacionalizações pelas camadas jovens, tendo conquistado um Campeonato da Europa de SUb-17 e um FA Internacional Tournament

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.