Apenas uma alteração forçada nos convocados da seleção campeã mundial

Uma troca forçada de guarda-redes é a única alteração na lista de convocados da seleção francesa, divulgada esta quinta-feira, em relação ao lote de jogadores chamados para o Mundial 2018, que os gauleses venceram.

O técnico Dider Deschamps substituiu o guardião Steve Mandanda (Marselha), lesionado, por Benoit Costil (Bordéus), na lista de convocados para os dois jogos da Liga das Nações agendados para a próxima semana.

A França, campeã mundial, defronta, em jogos do Grupo A da Liga das Nações, a Alemanha, a 6 de setembro, e a Holanda, três dias depois.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).