Defesa de Kathryn Mayorga quer saber se Ronaldo cometeu crimes em Portugal

Advogados da norte-americana, que acusa Cristiano Ronaldo de violação, mandaram pedidos a entidades judiciais de diversos países para apurar se o jogador já violou as leis nestes locais.

Os advogados de Kathryn Mayorga, a norte-americana que acusa Cristiano Ronaldo de violação, enviaram a 18 entidades judiciais de vários países pedidos para saberem se o jogador violou leis nestes locais. Entre as entidades que receberam pedidos, estão o Ministério Público, a Ordem dos Advogados e a Polícia Municipal de Lisboa, adianta o Público .

O advogado Leslie Stovall terá enviado um email para vários órgãos de comunicação dando conta do pedido feito às autoridades.

Também hoje, Larrisa Drohobycser, outra advogada da equipa de defesa de Kathryn Mayorga tinha instado a defesa de Cristiano Ronaldo a entregar todos os documentos que tem em sua posse em relação ao caso. Isto porque Peter S. Christiansen, advogado do jogador veio afirmar que os documentos com declarações de Ronaldo são pura invenção. E que teriam sido adulterados e vendidos por um hacker que os roubou a uma sociedade de advogados.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.