Deco critica ausência de Soares na lista do FC Porto na Champions

Avançado brasileiro, a recuperar de lesão, foi um dos jogadores a ficar de fora da lista de inscritos no FC Porto na Liga dos Campeões

O avançado brasileiro Tiquinho Soares, a recuperar de lesão, foi um dos jogadores a ficar de fora da lista de inscritos do FC Porto na Liga dos Campeões.

Contudo, até porque o jogador poderá estar apto a tempo de participar em alguns jogos da Champions, o antigo jogador dos dragões e agora empresário Deco mostrou-se crítico nas redes sociais. "Continua a trabalhar, irmão... Nem sempre o respeito é mútuo, mas seguimos em frente", escreveu o ex-internacional português nas redes sociais. Entretanto, Deco apagou a publicação.

Além de Soares, também ficou de fora o central Mbemba, reforço para esta temporada, também devido a lesão. Na lista, também não constam os nomes do guarda-redes Fabiano, do lateral direito João Pedro e do avançado Marius.

O FC Porto integra o grupo D da Liga dos Campeões, juntamente com os alemães do Schalke 04, os russos do Lokomotiv Moscovo e os turcos do Galatasaray.

Inscritos do FC Porto na Liga dos Campeões

- Guarda-redes: Casillas, Vaná e Diogo Costa*;

- Defesas: Maxi Pereira, Éder Militão, Felipe, Alex Telles, Jorge, Chidozie* e Diogo Leite*;

- Médios: Óliver, Herrera, Danilo, Bazoer, Otávio, Sérgio Oliveira e Bruno Costa*;

- Avançados: Hernâni, Brahimi, Aboubakar, Marega, Corona, Adrián López e André Pereira.


*inscritos pela lista B

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...