Coreia do Sul de Paulo Bento goleia Uzbequistão

A seleção sul-coreana, treinada pelo português, goleou esta terça-feira o Uzbequistão, por 4-0, em jogo particular disputado no Estádio Suncorp, em Brisbane, na Austrália.

Nam Tae-Hee, aos nove minutos, e Hwang Eui-jo, aos 24, deram vantagem à Coreia do Sul ainda na primeira parte, e Moon Seon-Min, aos 70, e Suk Hyun-Ju, ex-jogador de Marítimo, Nacional, Vitória de Setúbal e FC Porto, aos 82, fecharam o resultado.

Foi o sexto jogo da Coreia do Sul com Paulo Bento como selecionador desde que assumiu funções em agosto, somando três vitórias (diante de Costa Rica, Uruguai e Uzbequistão), e três empates (Chile, Panamá e Austrália).

Este foi o último jogo do ano da seleção sul-coreana, que só volta a jogar na Taça da Ásia, entre 5 de janeiro e 1 de fevereiro de 2019, nos Emirados Árabes Unidos.

Paulo Bento tem como objetivo conduzir a Coreia do Sul ao título de campeã asiática, depois de três presenças malsucedidas na final, nomeadamente na última edição, em 2015, perdida para a Austrália, anfitriã.

Também esta terça-feira a Austrália goleou num particular em Sidnei o Líbano, num encontro que serviu de despedida do internacional Tim Cahill, jogador que se notabilizou nos ingleses do Everton e é o melhor marcador da história na seleção australiana, com 50 golos.

Cahill, de 38 anos, entrou nos últimos nove minutos, quando o resultado já estava em 3-0, após golos de Martin Boyle (19 e 41 minutos) e Matthew Leckie (68). O jogador, que tinha anunciado a sua retirada internacional após o Mundial2018 na Rússia, recebeu uma ovação de parte dos adeptos presentes no Estádio ANZ e envergou a braçadeira de capitão nos minutos que esteve em campo. "Foi a primeira vez que chorei num relvado e estou orgulhoso. De cada vez que vesti as cores verde e dourado, fi-lo com o coração. Obrigado Austrália", disse no final o futebolista, atualmente ao serviço do Jamshedpur FC, da Índia. Cahill esteve com a Austrália nos Mundiais de 2006, 2010, 2014 e 2018.

Ler mais

Exclusivos