Com decisões à vista, rumores de castigo a PSG e City aumentam

Alegada violação do Fair Play Financeiro pode excluir as equipas da Liga dos Campeões e obrigar a vender jogadores. Jornal As diz que a decisão do TAS será tomada dentro de poucos dias

Aumentam os rumores de que Manchester City e Paris Saint-Germain podem ver-se obrigados a vender algumas das suas maiores estrelas, devido a castigos aplicados por alegadas falhas relativamente ao Fair Play Financeiro da UEFA. O jornal As relata que o organismo que regula o futebol europeu não está satisfeito com a falta de colaboração dos clubes e que o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) poderá revelar as suas decisões dentro de poucos dias.

Segundo o jornal espanhol, a UEFA considera mesmo que os dois clubes poderão ter recorrido ao que diz ser "doping financeiro". A investigação está a cargo do ex-primeiro-ministro belga Yves Leterme, que já teve um papel nas sanções financeiras impostas aos clubes, o que Gianni Infantino, presidente da FIFA, terá considerado suficiente.

No entanto, Leterme não estará satisfeito e tem luz verde do presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, numa atitude algo confrontacional perante Infantino. Assim, e perante a visão de que são necessários castigos mais pesados, entre estes poderá estar a proibição de competir na Liga dos Campeões do próximo ano. Tais medidas poderão levar os clubes a sentir a necessidade de vencer craques de classe mundial, como Neymar, Mbappé, Cavani, Sterling, Sané ou De Bruyne.

Recentemente, Nasser Al Khelaifi, presidente do PSG, entrou no Comité Executivo da UEFA, o que não foi bem visto por todos, que veem conflito de interesses em toda a situação" Segundo Javier Tebas, presidente da Liga espanhola, a nomeação viola "todas as regras razoáveis de boa governação".

O As recorda ainda a a isenção de Yves Leterme pode ser essencial para a aplicação, caso o investigador assim o defina, de castigos em conformidade com as alegadas irregularidades. Como exemplo mais recente existe Kimberly Morris, advogada que, ao serviço da FIFA, castigou o Chelsea. Antes, trabalhou na Proteção de Menores no Canadá.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.