Carlos Sainz Jr. substitui Alonso na McLaren em 2019

O piloto espanhol Carlos Sainz Jr. vai disputar o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2019 ao volante de um McLaren, substituindo o compatriota, anunciou esta quinta-feira a escuderia inglesa no seu sítio oficial.

Sainz Jr., de 23 anos, atual piloto da Renault, "assinou um contrato válido por vários anos, em substituição de Fernando Alonso", que na quarta-feira anunciou que iria abandonar a categoria rainha do desporto automóvel no fim da temporada de 2018.

"Sou adepto da McLaren desde que tenho memória. É um nome grande desta modalidade, com um passado incrível e os pilotos que competiram pela McLaren ao longo dos anos fazem parte dos heróis da F1", disse Sainz Jr., 11.º classificado do Mundial.

O espanhol, que se estreou na F1 em 2015, assinalou que Alonso, bicampeão mundial, em 2005 e 2006, "faz parte daqueles heróis" e que por essa razão "é ainda mais especial suceder" ao compatriota como piloto da McLaren.

A escuderia inglesa não confirmou se o belga Stoffel Vandoorne, 16.º posicionado no Mundial de 2018, se vai manter como piloto na próxima época, remetendo para um "momento oportuno" a divulgação da composição da equipa.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).