Bas Dost à beira de jogo 100: "Como é que se pode não adorar o Sporting?"

Avançado holandês atingirá a marca de 100 partidas de leão ao peito no próximo jogo, que deverá ser esta segunda-feira no terreno do Rio Ave

A um jogo de completar 100 de leão ao peito, Bas Dost fez um balanço dos 99 primeiros e mostrou vontade de somar muitos mais com a camisola do Sporting. "Não esperava chegar a essa marca e estou muito orgulhoso por estar perto de alcançá-la. Espero que possa jogar muito mais jogos pelo Sporting", afirmou o avançado holandês à Sporting TV.

"Não há um só momento que possa escolher nesta caminhada. É sempre um prazer jogar pelo Sporting, não só em casa, mas também fora, porque há muita gente que viaja muitos quilómetros para nos ver jogar. É das coisas que gosto mais. Agora vamos a Vila do Conde, que fica a três horas de carro, e estou certo que vão estar muitos adeptos do Sporting. Quando chegamos de autocarro e vemos aquelas pessoas ficamos ansiosos por entrar para dentro do campo", acrescentou, feliz no clube e em Lisboa: "Adoro estar em Lisboa e a minha família também. Como é que se pode não adorar um clube como o Sporting?"

Com boa memória, Bas Dost recordou o primeiro golo pelo Sporting, logo no primeiro jogo, numa receção ao Moreirense (3-0) a 10 de setembro de 2016. "Lembro-me bem. Nem sequer me passava pela cabeça não marcar no jogo de estreia. Foi um bom centro do Schelotto e atirei para dentro da baliza. Após esse jogo sabia que ia amar este clube, porque os adeptos não pararam de apoiar a equipa", salientou.

Reveja o primeiro golo de Bas Dost pelo Sporting

Exclusivos