Barça dá a volta na Supertaça e vence Sevilha na estreia de André Silva

Emblema catalão bateu este domingo os andaluzes, em Tanger (Marrocos), e conquistou a Supertaça Espanhola.

O Barcelona conquistou este domingo a 13.ª Supertaça de Espanha do seu palmarés ao vencer o Sevilha por 2-1, em partida realizada em Tânger, Marrocos.

Os catalães, com Nélson Semedo no onze, até começaram a perder, com golo de Pablo Sarabia aos 9 minutos, mas deram a volta ao texto. ​​​​​​Piqué empatou aos 42' e Dembelé operou a reviravolta aos 78', numa fase em que André Silva, este sábado anunciado como reforço dos andaluzes, já se encontrava em campo.

Já em tempo de compensação, Ben Yedder desperdiçou uma grande penalidade que poderia ter dado nova igualdade, permitindo a defesa de Ter Stegen.

O Barcelona reforça assim o estatuto de clube com mais Supertaças de Espanha, 13, mais três do que o Real Madrid.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

Francisco ​​​​​​​em Pequim?

1. A perseguição aos cristãos foi particularmente feroz durante a Revolução Cultural no tempo de Mao. Mas a situação está a mudar de modo rápido e surpreendente. Desde 1976, com a morte de Mao, as igrejas começaram a reabrir e há quem pense que a China poderá tornar-se mais rapidamente do que se julgava não só a primeira potência económica mundial mas também o país com maior número de cristãos. "Segundo os meus cálculos, a China está destinada a tornar-se muito rapidamente o maior país cristão do mundo", disse Fenggang Yang, professor na Universidade de Purdue (Indiana, Estados Unidos) e autor do livro Religion in China. Survival and Revival under Communist Rule (Religião na China. Sobrevivência e Renascimento sob o Regime Comunista). Isso "vai acontecer em menos de uma geração. Não há muitas pessoas preparadas para esta mudança assombrosa".