Atlético Madrid com Gelson bate Athletic Bilbau e sobe ao segundo lugar

O emblema colchonero recuperou este sábado de uma desvantagem de 2-1 para vencer em casa por 3-2, para a 12.ª jornada da Liga espanhola, liderada pelo Barcelona, e ascendeu provisoriamente ao segundo lugar.

O Athletic esteve por duas vezes em vantagem, com golos de Inaki Williams, aos 36 e 64 minutos, contra um do ganês Thomas Partey, mas o Atlético de Madrid evitou a surpresa já no perto do final do jogo, por Rodri Hernandez, aos 80, e pelo uruguaio Diego Godin, aos 90+1.

O português Gelson Martins entrou aos 56 minutos para o lugar de Francisco Montero e ainda participou na reviravolta do Atlético de Madrid, que ascendeu, provisoriamente, ao segundo lugar, com 23 pontos, mas mais um jogo do que Espanyol (terceiro, com 21) e Sevilha (quarto, com 20).

O Valência, dos portugueses Gonçalo Guedes e Rúben Vezo, o primeiro cedeu o lugar ao segundo aos 85 minutos, venceu por 1-0 em casa do Getafe, do compatriota Antunes, com um golo de Dani Parejo, aos 81 minutos, na conversão de uma grande penalidade.

Com este triunfo, o Valência ascendeu provisoriamente ao 14.º lugar, com 14 pontos, mas mais um jogo do que o Bétis (15.º, com 13), enquanto o Getafe desceu para 10.º, com 16, e pode ainda ser ultrapassado pelos adversários mais diretos.

O Valladolid, sétimo classificado, com 17 pontos, empatou em casa a 0-0 com o Eibar, do português Paulo Oliveira, que ocupa o 12.º posto, com 15, mas que pode ainda cair na tabela se os adversários diretos vencerem no domingo.

Consulte AQUI a classificação da liga espanhola.

Resultados da 12.ª jornada

Levante 1-3 Real Sociedad

Valladolid 0-0 Eibar

Getafe 0-1 Valencia

Atlético Madrid 3-2 Athletic Bilbao

Girona - Leganés (sábado, 19.45)

Alavés - Huesca (domingo, 11.00)

Barcelona - Betis (domingo, 15.15)

Rayo Vallecano - Villarreal (domingo, 17.30)

Sevilha - Espanyol (domingo, 17.30)

Celta Vigo - Real Madrid (domingo, 19.45)

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.