Atlético Madrid com Gelson bate Athletic Bilbau e sobe ao segundo lugar

O emblema colchonero recuperou este sábado de uma desvantagem de 2-1 para vencer em casa por 3-2, para a 12.ª jornada da Liga espanhola, liderada pelo Barcelona, e ascendeu provisoriamente ao segundo lugar.

O Athletic esteve por duas vezes em vantagem, com golos de Inaki Williams, aos 36 e 64 minutos, contra um do ganês Thomas Partey, mas o Atlético de Madrid evitou a surpresa já no perto do final do jogo, por Rodri Hernandez, aos 80, e pelo uruguaio Diego Godin, aos 90+1.

O português Gelson Martins entrou aos 56 minutos para o lugar de Francisco Montero e ainda participou na reviravolta do Atlético de Madrid, que ascendeu, provisoriamente, ao segundo lugar, com 23 pontos, mas mais um jogo do que Espanyol (terceiro, com 21) e Sevilha (quarto, com 20).

O Valência, dos portugueses Gonçalo Guedes e Rúben Vezo, o primeiro cedeu o lugar ao segundo aos 85 minutos, venceu por 1-0 em casa do Getafe, do compatriota Antunes, com um golo de Dani Parejo, aos 81 minutos, na conversão de uma grande penalidade.

Com este triunfo, o Valência ascendeu provisoriamente ao 14.º lugar, com 14 pontos, mas mais um jogo do que o Bétis (15.º, com 13), enquanto o Getafe desceu para 10.º, com 16, e pode ainda ser ultrapassado pelos adversários mais diretos.

O Valladolid, sétimo classificado, com 17 pontos, empatou em casa a 0-0 com o Eibar, do português Paulo Oliveira, que ocupa o 12.º posto, com 15, mas que pode ainda cair na tabela se os adversários diretos vencerem no domingo.

Consulte AQUI a classificação da liga espanhola.

Resultados da 12.ª jornada

Levante 1-3 Real Sociedad

Valladolid 0-0 Eibar

Getafe 0-1 Valencia

Atlético Madrid 3-2 Athletic Bilbao

Girona - Leganés (sábado, 19.45)

Alavés - Huesca (domingo, 11.00)

Barcelona - Betis (domingo, 15.15)

Rayo Vallecano - Villarreal (domingo, 17.30)

Sevilha - Espanyol (domingo, 17.30)

Celta Vigo - Real Madrid (domingo, 19.45)

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.