Domingos Gonçalves vence sexta etapa e Alarcón segue de amarelo

Etapa ligou Sernancelhe a Boticas, a uma distância de 165,4 quilómetros.

Ricardo Simões Ferreira
Domingos Gonçalves venceu a sexta etapa da Volta a Portugal. | foto EPA/NUNO VEIGA
Raúl Alarcón manteve a liderança e, por isso, convervou a camisola amarela. | foto Tony Dias/Global Imagens

O português Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista) venceu isolado a sexta etapa da Volta a Portugal em bicicleta, realizada esta quarta-feira entre Sernancelhe e Boticas, na distância de 165,4 quilómetros, enquanto o espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) manteve a liderança.

O campeão nacional destacou-se do grupo dos favoritos após a subida a Torneiros (1.ª categoria), situada a menos de 20 quilómetros da meta, para terminar a etapa em 4:09.10 horas, com 19 segundos de vantagem sobre o minipelotão encabeçado pelo norueguês Krister Hagen (Team Coop) e o português Daniel Mestre (Efapel).

Alarcón, que procura repetir a vitória alcançada na edição de 2017, chegou integrado neste grupo e conservou a camisola amarela, com 52 segundos de avanço sobre Jóni Brandão (Sporting-Tavira) e 1,41 minutos em relação ao espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano).

Na quinta-feira, a sétima etapa, com 165,5 quilómetros, vai ligar Montalegre ao Santuário de Santa Luzia, em Viana do Castelo, onde a meta coincide com contagem de montanha de terceira categoria.