Serena discute com árbitro português e japonesa conquista US Open

Serena Williams furiosa com o árbitro português: "Você é um mentiroso, eu não faço batota." Naomi Osaka conquistou este sábado pela primeira vez um torneio do Grand Slam de ténis, ao vencer na final a norte-americana Serena Williams na final do US Open, por 6-2 e 6-4.

David Pereira
Serena Williams discute com o árbitro português Carlos Ramos | foto Robert Deutsch-USA TODAY Sports
Japonesa Naomi Osaka conquistou o primeiro Grand Slam da carreira no US Open 2018 | foto Geoff Burke-USA TODAY Sports

Aos 20 anos, Osaka, 19.ª do ranking conquistou o segundo torneio da carreira, depois do triunfo no Masters 1.000 de Indian Wells, já este ano, impondo-se a Serena Williams, 26.ª do mundo, em uma hora e 19 minutos.

O encontro ficou marcado pela discussão entre Serena e o árbitro português Carlos Ramos, que advertiu a norte-americana por alegadamente receber instruções do seu treinador. A tenista exigiu um pedido de desculpas e disse que o árbitro julgou mal e até que foi roubada.

"Está a atacar o meu caráter", "você é um mentiroso", "nunca fiz batota", "tenho uma filha e sou um exemplo para ela", "você nunca mais estará no meu court", "peça-me desculpa", "como se atreve a insinuar que eu estava a fazer batota?" e "roubou-me um ponto, você é um ladrão" foram algumas das frases proferidas por Serena.

Osaka, que se tornou na primeira japonesa a vencer um Grand Slam, sucede à norte-americana Sloane Stephens no historial do major nova-iorquino, que Serena Williams, de 36 anos, venceu seis vezes, em 1999, 2002, 2008, 2012, 2013 e 2014.

2018 - Naomi Osaka, Jap.

2017 - Sloane Stephens, EUA.

2016 - Angelique Kerber, Ale.

2015 - Flavia Pennetta, Ita

2014 - Serena Williams, EUA.

2013 - Serena Williams, EUA.

2012 - Serena Williams, EUA.

2011 - Samantha Stosur, Aus.

2010 - Kim Clijsters, Bel.

2009 - Kim Clijsters, Bel.