Liga arquivou, mas FPF abre processo disciplinar a Brahimi

Jogador do FC Porto pode ser castigado por ter apertado o pescoço de um jogador do Chaves

Rui Frias
O lance de Brahimi com Niltinho© Reprodução

No mesmo dia em que a Comissão de Instrutores da Liga decidiu arquivar a queixa do Benfica contra Brahimi, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta quinta-feira a abertura de um processo disciplinar ao extremo do FC Porto.

A decisão do presidente do CD, José Manuel Meirim, foi anunciada no site da FPF, num comunicado em que não é identificado o nome do argelino, como é de resto norma das comunicações do órgão disciplinar federativo quando instaura processos.

O que diz o comunicado:
"Instaurado processo disciplinar, por decisão do Presidente do Conselho de Disciplina, de 16 de agosto de 2018, a agente desportivo, com base em despacho da Comissão de Instrutores da LPFP, que arquiva requerimento de sociedade desportiva.
O processo foi enviado, hoje, à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, mantendo-se em segredo até ao fim da instrução."

Recorde-se que o Benfica pediu a instauração de um processo sumaríssimo a Brahimi por o jogador do FC Porto ter apertado o pescoço de Niltinho, do Chaves, no jogo da primeira jornada que os campeões nacionais venceram por 5-0.

Já esta quinta-feira, o vice-presidente do Benfica Varandas Fernandes criticara a decisão da Comissão de Instrutores da Liga: "Não está a ser feita justiça. É mau para o desporto e não é um bom exemplo. A começar assim, estamos muito mal para a época inteira."

Brahimi será opção para Sérgio Conceição enquanto o processo decorrer, podendo jogar no domingo, no Jamor, frente ao Belenenses SAD, na segunda jornada da I Liga.