Ex-campeão mundial de 400 metros barreiras morre aos 28 anos

O queniano Nicholas Bett, campeão mundial dos 400 metros barreiras em 2015, em Pequim, morreu esta quarta-feira na sequência de um acidente de viação na região de Nandi, no Quénia.

David Pereira
© REUTERS/Dylan Martinez/File Photo

A informação foi avançada pela polícia local e pela família do atleta, de 28 anos, explicando que o automóvel de Bett se despistou e acabou por capotar.

O atleta fez história nos Mundiais de 2015, em Pequim, ao tornar-se o primeiro queniano a ganhar um título internacional em distância inferior a 800 metros, numa carreira em que foi também duas vezes medalha de bronze nos campeonatos africanos.

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) já reagiu à morte de Bett, com "tristeza profunda e comoção", lembrando que o atleta foi "uma das maiores surpresas dos Mundiais de Pequim, quando ganhou o ouro, com recorde queniano de 47,49 segundos, então a melhor marca mundial de 2015".