Goyo Benito. Defesa lendário do Real Madrid morre aos 73 anos

Era uma das maiores lendas vivas da história do clube merengue, que representou durante treze temporadas.

Gregorio Benito Rubio, defesa lendário que representou o Real Madrid entre 1969 e 1982, morreu, esta quinta-feira, aos 73 anos. "O Real Madrid, o seu presidente e o seu quadro diretivo lamenta profundamente a morte de Goyo Benito, uma das maiores lenda da história do nosso clube. O Real Madrid presta condolência à sua mulher, Paula, e filhos, Patrícia e Rúben, bem como a toda a sua família", anunciou o clube merengue num comunicado.

A causa da morte ainda não foi revelada, mas o clube blanco recordou que lutava contra uma doença prolongada há uma década.

Nascido em Puente del Arzobispo, na província de Toledo, chegou ao Real Madrid com 17 anos e estreou-se a 26 de outubro de 1969 em Atocha contra o Real Sociedad. Conhecido por Goyo Benito, esteve ao serviço dos merengues durante treze temporadas. Durante esse período conquistou seis Ligas e cinco Taças de Espanha em 420 encontros oficiais. Foi internacional e representou a seleção espanhol por 22 vezes.

O Real Madrid homenageou-o com um vídeo, onde dá para ver o golo de cabeça que marcou ao FC Porto em 1979, na segunda ronda da Taça dos Campeões Europeus 1979-80.

Iker Casillas, ex-guarda-redes do Real Madrid, recorreu à rede social Twitter para lamentar a morte de Goyo Benito. O atual guardião do FC Porto deixou uma mensagem de apoio e força a todos os familiares e amigos do antigo defesa madridista.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG