Uma goleada das antigas. Fiorentina venceu a Roma por 7-1

Federico Chiesa foi a grande figura do jogo, com um hat-trick, tendo o lateral sérvio Aleksandar Kolarov reduzido para os giallorossi (7-1). Equipa de Carlos Freitas (diretor desportivo) segue para as meias-finais da Taça de Itália.

A Fiorentina assegurou esta quarta-feira a qualificação para as meias-finais da Taça de Itália de futebol, ao golear a Roma, por 7-1, naquela que foi a maior vitória de sempre da formação de Florença sobre os romanos.

O conjunto viola, que não chegava às 'meias' desde 2013/14, teve no internacional italiano Federico Chiesa a grande figura, com um hat-trick que começou a ser construído aos sete e 18 minutos, tendo o lateral sérvio Aleksandar Kolarov reduzido para os 'giallorossi', aos 28.

O avançado colombiano Luis Muriel, que este mês foi cedido pelo Sevilha à Fiorentina, e o defesa Benassi aumentaram a contagem, aos 33 e 66 minutos, respetivamente, antes de Chiesa completar o hat-trick, aos 74, um minuto depois de o bósnio Edin Dzeko ser expulso e deixar a Roma reduzida a 10 elementos.

O argentino Giovanni Simeone, filho do técnico do Atlético de Madrid Diego Simeone, que tinha sido lançado no segundo tempo para o lugar de Muriel, fechou a histórica goleada da Fiorentina, com dois golos, aos 79 e 89.

No outro jogo do dia, o detentor do troféu, Juventus, dos internacionais portugueses Cristiano Ronaldo e João Cancelo, defronta a Atalanta, em Bérgamo.

Nas meias-finais está também o AC Milan, que, na terça-feira, venceu o Nápoles por 2-0, com dois golos do reforço de inverno Krzysztof Piatek, que se estreou a marcar ao segundo jogo com a camisola dos 'rossoneri'.

A última vaga nas meias-finais da Taça de Itália será disputada entre Inter de Milão e Lazio, que jogam na quinta-feira, em Milão.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG