Festa dos Raptors manchada por tiros e pânico

Dois milhões de pessoas celebravam nas ruas a festa do título da NBA quando um tiroteio provocou dois feridos e uma onda de pânico.

Toronto tirou o dia para festejar a inédita vitória do clube de basquetebol na prova maior que se realiza nos Estados Unidos, mas o dia de glória ficou manchado. Duas pessoas ficaram feridas durante um tiroteio, mas nenhuma delas sofreu ferimentos que ponham a sua vida em risco, disse a polícia de Toronto no Twitter. Duas pessoas foram detidas e duas armas de fogo foram recuperadas, informou a polícia.

O primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau estava entre os 2 milhões de fãs -- número avançado pela Reuters -- pelo campeão da NBA Toronto Raptors no desfile de vitória pela cidade, que incluiu um desfile aéreo da força aérea canadiana.

O clima de festa foi interrompido por tiros e pelo pânico que gerou em consequência.

Os tiros foram disparados perto da Praça Nathan Phillips, o destino final da parada da equipa, tendo causado uma cena de caos entre a multidão.

Segundo a Reuters, o incidente causou apenas uma breve pausa nos discursos comemorativos.

Os Raptors conquistaram na quinta-feira o seu primeiro título de campeões da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao baterem fora os Golden State Warriors, por 114-110, no sexto jogo da final.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG