Barcelona bate Real Sociedad e fica a duas vitórias do título espanhol

Cumpridas 33 das 38 rondas de La Liga, o onze de Ernesto Valverde soma 77 pontos, contra 68 do Atlético Madrid.

O Barcelona está a duas vitórias de revalidar o título espanhol de futebol, depois de vencer, por 2-1, na receção à Real Sociedad em encontro da 33.ª jornada.

Na ressaca do apuramento para as meias-finais da Liga dos Campeões, com um categórico 3-0 ao Manchester United, o Barça não jogou com grande intensidade e sofreu muito para conseguir a sua 23.ª vitória na prova.

O central francês Clément Lenglet adiantou os catalães, aos 45 minutos, de cabeça, na sequência de um canto marcado na esquerda pelo seu compatriota Dembélé. Na segunda parte, aos 62 minutos, Juanmi empatou o jogo, mas, logo a seguir, aos 64, Jordi Alba, de pé direito, voltou a colocar os catalães na liderança do marcador.

Até ao final, o FC Barcelona teve várias ocasiões para ampliar a vantagem, mas também passou por vários sustos.

Cumpridas 33 das 38 rondas de La Liga, o onze de Ernesto Valverde soma 77 pontos, contra 68 do Atlético Madrid, pelo que pode sagrar-se bicampeão já na próxima ronda, se vencer em Alavés, na terça-feira, e os colchoneros perderam na receção ao Valência, um dia depois.

Na ronda 33, o Atlético de Madrid também ganhou com dificuldades, por 1-0, no reduto do Eibar, graças a um golo do francês Thomas Lemar, aos 85 minutos. O internacional gaulês, entrado aos 55 minutos para o lugar do argentino Ángel Correa, deu a melhor sequência a um cruzamento da direita de Koke.

Nos outros jogos do dia, o Celta de Vigo conseguiu uma vitória importante na luta pela manutenção, ao ganhar em casa ao Girona por 2-1, com golos de Iago Aspas e do marroquino Sofiane Boufal, enquanto o Rayo Vallecano e o Huesca empataram a zero.

Exclusivos

Premium

Nuno Severiano Teixeira

"O soldado Milhões é um símbolo da capacidade heroica" portuguesa

Entrevista a Nuno Severiano Teixeira, professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e antigo ministro da Defesa. O autor de The Portuguese at War, um livro agora editado exclusivamente em Inglaterra a pedido da Sussex Academic Press, fala da história militar do país e da evolução tremenda das nossas Forças Armadas desde a chegada da democracia.

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.