"Estado emocional alterado" dos jogadores leva Benfica a decretar férias para o plantel

Encarnados vão continuar a treinar, mas sem a exigência que tinham até agora.

O plantel principal do Benfica iniciou, na terça-feira, um período de férias, uma vez que "o estado emocional dos jogadores estava alterado" devido ao isolamento originado pela pandemia de covid-19. "O Benfica fez um diagnóstico e concluiu que o estado emocional dos jogadores estava alterado, sendo benéfico proceder-se a esta alteração na programação da época", revelaram as águias.

Sem jogarem ou sequer treinarem no relvado há praticamente um mês, os atletas encarnados têm executado diariamente, em casa, os planos delineados pela equipa técnica comandada por Bruno Lage. Contudo, enquanto durar este período de férias, os jogadores "vão continuar a treinar", revelou o clube da Luz, mas "sem a rigidez dos planos executados nas últimas semanas", limitando-se a cumprir "as instruções normais para qualquer período de férias".

O médio alemão Julian Weigl e o lateral espanhol Alex Grimaldo foram autorizados a viajar para os respetivos países para resolverem questões pessoais, enquanto os restantes jogadores se vão manter em Portugal.

Os campeões nacionais realizaram o último jogo em 7 de março, diante do Vitória de Setúbal (1-1), sendo que, pouco depois, as competições foram suspensas por tempo indeterminado, devido à propagação do novo coronavírus.

Também o plantel do Sporting já está de férias até dia 17 de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,4 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 82 mil. Em Portugal registaram-se 380 mortes e 13 141 casos de infeções confirmadas até esta quarta-feira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG