Clube não perdoa insultos machistas a jogadoras e castiga equipa de veteranos

Terrassa FC decidiu suspender da competição a equipa de veteranos na sequência dos insultos de que foram alvo as jogadoras do clube durante um jogo.

O Terrassa FC, clube catalão da III Divisão espanhola, decidiu suspender e retirar da competição a equipa de futebol de veteranos devido aos tristes acontecimentos do fim de semana, em que os jogadores insultaram a equipa feminina do clube durante um jogo.

Durante um jogo da II Divisão feminina espanhola, entre o Terrassa B e o Viladecavalls, as jogadoras da equipa local foram insultadas pelos veteranos que assistiam ao encontro. "Vão para a cozinha, vão fazer limpezas, são uma merda, são umas vadias", escreveu a árbitra no relatório que fez após o final do jogo. Perante o que aconteceu, as jogadoras das duas equipas decidiram mesmo interromper a partida aos 75 minutos. Aparentemente, os insultos foram dirigidos porque a equipa de veteranos ia jogar logo a seguir e o jogo entre as equipas femininas estava atrasado.

A direção do clube, no próprio dia, condenou a postura da equipa de veteranos e anunciou que ia abrir uma investigação ao caso, por considerar esta atitude "totalmente desvinculada dos valores do clube". A decisão chegou e em conformidade com os regulamentos, a direção do clube decidiu retirar da competição a equipa de veteranos por considerar que "as insinuações e os insultos machistas uma falta muito grave".

A Real Federação Espanhola também expressou o seu incómodo com o sucedido, considerando inaceitáveis os insultos machistas de que foram alvo as jogadoras da equipa feminina, defendendo que este tipo de comportamentos é inaceitável no futebol.

Exclusivos