Bruno Lage: "O Famalicão esteve muito bem, encostou-nos às cordas"

Treinador do Benfica admitiu dificuldades para garantir um lugar no Jamor, na final da Taça de Portugal, no dia 24 de maio.

O Benfica garantiu esta terça-feira um lugar na final da Taça de Portugal, após empatar com o Famalicão (1-1) e depois de já ter ganho na Luz (3-2) no jogo da primeira mão das meias finais. "O mais importante era passarmos e foi isso que dizemos", afirmou Bruno Lage no final do jogo.

O treinador encarnados admitiu que o adversário criou muitas dificuldades à equipa encarnada:"Foi um jogo muito difícil, mas nós já prevíamos isso. Uma primeira parte em que tivemos alguma qualidade a atacar, quer a atacar, quer a defender e acho que é com justiça que chegámos ao intervalo a vencer. Na segunda parte foi diferente. O Famalicão jogou melhor, nós baixámos as linhas, não pressionámos como devíamos. O Famalicão apresentou-se fresco, a imagem disso é a forma como chegam ao golo e, realmente, em termos ofensivos o Famalicão esteve muito bem, encostou-nos às cordas. Depois a minha equipa geriu, emocionalmente, aquilo que era o resultado: 3-2 na Luz, 1-1 aqui e a coisa podia ficar para o nosso lado. Queria dar os parabéns ao Famalicão pela exibição e hoje a nossa não foi a exibição que temos vindo a fazer, mas procurámos o resultado para alcançar o que queríamos."

Bruno Lage vai estar pela primeia vez no Jamor. "É uma final que toda a gente gosta de disputar. Eu e mais alguns jogadores que estão comigo, vamos estar lá pela primeira vez e agora vamos aguardar pelo adversário. Hoje o mais importante era chegar aqui e jogar bem com uma equipa que, tenho de ser sincero, tem excelentes jogadores que nos colocaram muitas dificuldades, especialmente na segunda parte", confessou o técnico.

"Fomos claramente superiores"

Já João Pedro Sousa começou por "dar uma palavra" aos jogadores do Famalicão, que no domingo, perderam, por 7-0, com o Vit. Guimarães. Depois abordou o jogo com o Benfica: "Quanto ao jogo, foi muito competitivo. O Benfica marcou num erro forçado, mas reagimos muito bem, também forçámos o Benfica a errar, tivemos as nossas oportunidades, mas não concretizámos. Na segunda parte reforçámos a pressão aos médios do Benfica e também na saída de trás, e acho que acabámos completamente por cima do jogo. Com respeito muito o Benfica e o treinador, que está a fazer um trabalho incrível, mas quer neste jogo, quer na primeira mão jogos, fomos claramente superiores."

O jogo pode dar alguam moral para o campeonato?"Sempre dissemos que trabalhamos com o intuito de estar preparados para as vitórias, mas também para as derrotas. Esta dói muito porque era um sonho que tínhamos e queríamos muito dar este prémio aos adeptos fantásticos. Foi por segundos. Se aquele canto na Luz não entra no último lance, estávamos nós na final. Mas foram dois excelentes jogos, os meus jogadores foram fantásticos", respoindeu o treinador do Famalicão.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG