Bruno Lage: "Na segunda parte demos uma resposta de equipa grande"

Treinador benfiquista comentou a vitória deste domingo do Benfica em Braga, por 4-1, em partida da 31.ª jornada da I Liga

"Acabámos por reagir bem ao golo do Sp. Braga. O jogo começou equilibrado, o Sp. Braga teve duas ou três saídas rápidas e chegou ao golo. Na segunda parte demos uma grande resposta, de equipa grande, que é o que nós somos. Foi uma grande vitória frente a uma grande equipa, que tem um grande treinador", começou por dizer Bruno Lage na zona de entrevistas rápidas da Sport TV.

O técnico encarnado disse que o melhor início do Sp. Braga em nada teve a ver com algum nervosismo na equipa do Benfica: "Não. Os problemas que o Sp. Braga nos colocou, fazendo um quadrado em torno dos nossos médios. Isso obrigava-nos a esticar o jogo e corrigimos isso. O Sp. Braga explorou bem esses momentos, mas tentámos corrigir ao máximo."

Lage recusou a ideia de que o Benfica possui mais conforto para encarar as três últimas jornadas, depois do empate do FC Porto em Vila do Conde. "Vejam o que nos aconteceu com o Belenenses e ao FC Porto com o Rio Ave. As duas equipas venciam por dois golos e de repente surgem dois golos do adversário. Temos feito uma caminhada muito sólida e temos que continuar. O Portimonense será mais uma final", vincou.

O treinador setubalense também rejeitou os louros pelas 15 vitórias em 16 jogos no campeonato desde que assumiu o comando técnico, preferindo valorizar o empenho e motivação dos jogadores. "Isso só é possível com este grupo de trabalho empenhado e motivado para fazer isto jogo a jogo. Está a ser uma experiência e uma aventura fantástica para o treinador, mas temos que nos focar no próximo jogo. Temos que colocar o aspeto emocional de lado e focarmo-nos no que temos que fazer no jogo, em termos defensivos e ofensivos."

"Abel: Já são cinco penáltis para os grandes"

Abel Ferreira recordou o que disse na conferência de imprensa de antevisão do jogo, quando referiu que "era preciso o corpo e a mente estarem em harmonia". "A única maneira de defender perante este tipo de equipas é ficar com a bola e na primeira parte conseguimos, por fora e por dentro. Fizemos um golo e podíamos ter feito mais. Na segunda parte faltou-nos ter bola. Não queria falar muito nisso, mas já são cinco penáltis assinalados contra nós a favor dos grandes. Faltou-nos continuar com a mesma coragem, caráter e qualidade", assumiu, confessando que chegar ao terceiro lugar "fica difícil" após o desaire deste domingo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG