Bruno Lage e a visita ao Dragão: "Peço aos adeptos que apoiem como têm feito"

Treinador do Benfica estava satisfeito com os seus jogadores depois da goleada imposta ao Desp. Chaves. Contou que Gabriel, o melhor em campo, jogou apesar da morte da avó

Bruno Lage mostrou-se satisfeito depois da vitória caseira do Benfica, por 4-0, frente ao Desp. Chaves. Elogiou os jogadores e pediu apoio para o importante jogo no Estádio do Dragão.

"Foi uma boa exibição que ficou marcada por uma entrada forte e determinada. Fizemos uma primeira parte muito boa, em que acertámos na estratégia do Desp. Chaves e soubemos fazer aquilo que tínhamos de fazer. Tivemos paciência para encontrar os espaços e fazer golos. Foi uma primeira parte de qualidade. Os adeptos puxaram a equipa para cima. Têm sido fantásticos e nós só queremos responder nos jogos", referiu o treinador dos encarnados.

Sob o comando de Lage, o Benfica somou oito vitórias seguidas na I Liga, e destacou o que os jogadores têm feito. "É fruto do trabalho dos atletas. Temos as nossas ideias, mas sem eles não há nada. Disse-lhes isso, que estou satisfeito por ser o treinador deles. O importante é a maneira como treinam e como mostram ao público a qualidade que têm, individualmente e coletivamente. Eles é que ficam na história e o pensamento é sempre vencer o próximo jogo", acrescentou.

Para o próximo encontro, a importante deslocação ao Estádio do Dragão para defrontar o líder FC Porto, Bruno Lage pediu "apoio". "Peço aos adeptos que nos apoiem como têm feito. Têm sido uma enorme ajuda".

Bruno Lage contou ainda que Gabriel, melhor em campo para o DN, jogou apesar da morte da avó. "Os atletas não são máquinas. O Gabriel soube do falecimento da avó e demos-lhe total liberdade para decidir e ele quis jogar. Um abraço para ele, a equipa ajuda-o e conforta-o", referiu o técnico das águias.